Cuiabá, 29 de Junho de 2022

Max Russi defende venda dos vagões do VLT

Do rufandobombo

Editoria de política

Primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Max Russi (PSB), impulsionou a ideia sobre a venda do vagões do inacabado Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) para a Prefeitura do Rio de Janeiro. O governo do Estado já gastou mais de um bilhão com a obra, que nunca foi entregue para a população Cuiabá e Várzea Grande.

“É uma decisão de governo, se ele não vai fazer o outro modal, por que nós vamos segurar o vagões? Tem que vender mesmo para o Rio ou outro lugar possível? Vamos perder todo esse investimento? Tem que buscar formas e alternativas de desfazer todos os investimentos que foram feitos”, disse nesta quarta-feira (25).

Conforme noticiou o Jornal A Gazeta nesta segunda, o governo de Mato Grosso apresentou os vagões do VLT para uma comitiva da Prefeitura do Rio de Janeiro, com o objetivo de firmar um acordo para vender os trens para a gestão do prefeito Eduardo Paes (PSD-RJ).

O governador Mauro Mendes (União) nega a articulação.

Fatos e Fatos

O site Fatos e Fatos entende que estar preparado é também estar ciente do mundo que o cerca, dos temas que focam a atenção do público e dos fatos que determinam os destinos tanto da sua comunidade. Por isso, o nosso portal não se descuida da cobertura jornalística tradicional, abrangendo temas como Política, Economia, Cidades, Esportes, Tecnologia e Cultura. Essa preocupação faz com que o nosso site torne-se um ponto de informações, as mais diversas, e de pessoas interessadas em se formar e se informar, acreditando, como nós, que a valorização da Educação é a maneira mais eficiente e saudável de mudar o mundo.

Seções

NEWSLETTER

Inscreva-se agora para obter notícias exclusivas!