Cuiabá, 14 de Agosto de 2022

Câmara acata pedido de afastamento contra vereador, mas adia conclusão da votação

Redação RBMT

Vereadores da Câmara de Cuiabá acataram o pedido de afastamento contra o vereador Marcos Paccola (Republicanos), que atirou e matou o agente socioeducativo Alexandre Miyagawa de Barros, 41. O parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) teve 15 votos favoráveis e 7 contrários.

Apesar de aprovado, o afastamento em si só será votado após o recesso parlamentar. Paccola defende que o andamento do processo só seja concluído após a conclusão das investigações da Delegacia de Homicídio.
Antes da votação, a gentes da Polícia Militar e do socioeducativo se reuniram em frente da Câmara de Cuiabá para manifestar pela aprovação do pedido.

O caso

O vereador Tenente Coronel Paccola é o autor dos disparos que dizimaram a vida de Alexandre Miyagawa, conhecido como “Japão”, no dia 1º de julho, no bairro Quilombo, em Cuiabá. Ele estava em um bar, andando atrás de sua namorada, quando foi alvo dos disparos, que atingiram suas costas.

Paccola afirma que agiu em legítima defesa e em proteção dos demais. O vereador ainda afirma que tentou abordagem de Alexandre, mas ele teria se virado com a arma em punho, o que o motivou a efetuar os disparos. Logo após o caso, imagens das câmeras de monitoramento do local colocaram em dúvida as alegações de Paccola.

Fatos e Fatos

O site Fatos e Fatos entende que estar preparado é também estar ciente do mundo que o cerca, dos temas que focam a atenção do público e dos fatos que determinam os destinos tanto da sua comunidade. Por isso, o nosso portal não se descuida da cobertura jornalística tradicional, abrangendo temas como Política, Economia, Cidades, Esportes, Tecnologia e Cultura. Essa preocupação faz com que o nosso site torne-se um ponto de informações, as mais diversas, e de pessoas interessadas em se formar e se informar, acreditando, como nós, que a valorização da Educação é a maneira mais eficiente e saudável de mudar o mundo.

Seções

NEWSLETTER

Inscreva-se agora para obter notícias exclusivas!