Cuiabá, 14 de Agosto de 2022

Lúdio critica aproximação do PT com o agronegócio: “Uma chapa com esse formato será um fiasco”

Da Redação

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) criticou a aproximação de representantes políticos do agronegócio com o partido e a federação Brasil da Esperança, composta também pelo PV e PCdoB. Na avaliação do petista, uma aliança entre os dois grupos é completamente contraditória, já que o eleitorado de esquerda não é o mesmo que o dos “barões do agronegócio”.

A fala de Lúdio é direcionada especialmente ao deputado federal Neri Geller (PP), que tem costurado uma aliança com a esquerda e é uma aposta das autoridades nacionais da federação para ser ‘a ponte com o agronegócio’.

“A força do Lula é tão grande hoje que ela independe de alianças políticas com esse formato contraditório aqui em Mato Grosso. Quem é o eleitor do Lula e que pode ser o eleitor das candidaturas majoritárias vinculadas à esquerda? É a população das grandes cidades como Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres… É a população das cidades com a economia exaurida. É a população trabalhadora e a população que está vivendo em dificuldades financeiras, que são dois milhões de mato-grossenses. Esse eleitorado não é o eleitorado dos barões da soja, esse eleitorado já é um eleitorado nosso”, disse.

A despeito das críticas de Lúdio, uma reunião em Brasília na terça-feira, 12 de julho, confirmou a aproximação dos grupos. Lula convidou dois representantes do agronegócio, Neri Geller (PP) e Carlos Fávaro (PSD), para serem candidatos à majoritária com apoio das siglas de esquerda. A aproximação do ex-presidente com o agronegócio tem como objetivo fortalecer seu projeto político, uma ideia que é defendida pelo grupo petista encabeçado pelo presidente da sigla em Mato Grosso, deputado Valdir Barranco, e pela deputada Rosa Neide.

No entanto, Lúdio tem feito críticas a qualquer aproximação com o agronegócio. Ele defende que a federação lance candidaturas próprias que estejam sintonizadas ideologicamente com as bandeiras defendidas pela esquerda, para garantir um palanque para Lula e, consequentemente, impulsionar a chapa majoritária no estado.

“Não podemos entregar esse patrimônio para os representantes políticos do agronegócio, que representam uma contradição sem tamanho e isso não tem reflexo, na minha opinião, eleitoral positiva. É ruim pra nós e é ruim pra eles. Uma chapa com esse formato será um fiasco”, avaliou.

TRAIÇÃO – Lúdio ainda destacou que vai defender a sua posição até os limites nas instâncias partidárias. Ele relembrou que representantes políticos do setor ‘traíram’ os governos do partido ao serem favoráveis ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

“O contexto histórico do governo Lula e Dilma foi um contexto de apoio importante ao desenvolvimento do agronegócio no país. Isso adicionado ao fortalecimento da agricultura familiar e a proteção ambiental. Os representantes políticos desse setor votaram a favor do impeachment da presidente Dilma e o Blairo Maggi foi ser ministro de Agricultura do Temer. Eles participaram do golpe e traíram governos que colocaram em prática políticas públicas que permitiram ao agronegócio o impulso que ele recebeu”, disse.

“É uma contradição o PT em Mato Grosso se alinhar aos representantes políticos de quem quer retirar Mato Grosso da Amazônia Legal, de quem está ganhando rios de dinheiro com a política econômica que dolariza o preço de commodities. Essa é a contradição do contexto atual”, concluiu.

Fatos e Fatos

O site Fatos e Fatos entende que estar preparado é também estar ciente do mundo que o cerca, dos temas que focam a atenção do público e dos fatos que determinam os destinos tanto da sua comunidade. Por isso, o nosso portal não se descuida da cobertura jornalística tradicional, abrangendo temas como Política, Economia, Cidades, Esportes, Tecnologia e Cultura. Essa preocupação faz com que o nosso site torne-se um ponto de informações, as mais diversas, e de pessoas interessadas em se formar e se informar, acreditando, como nós, que a valorização da Educação é a maneira mais eficiente e saudável de mudar o mundo.

Seções

NEWSLETTER

Inscreva-se agora para obter notícias exclusivas!