Cuiabá, 28 de Mai de 2022

Justiça Eleitoral determina que PT filie atriz pornô

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou nesta quarta-feira (25) que o Partido dos Trabalhadores (PT) faça a filiação, no prazo de três dias, da atriz pornô Ester Caroline Henrique Bonometo Pessatto, conhecida como Ester Tigresa.

Segundo a defesa da atriz, Ester sofreu discriminação ao ter sua filiação suspensa sem direito de defesa, convocação para a pauta ou qualquer notificação de infração a agremiação.

A decisão dessa terça-feira é do juiz Alexandre Paulichi Chiovitti, da 38° Zona Eleitoral de Santo Antônio do Leverger, a 35 km de Cuiabá.

No pedido Ester alegou que no dia 18 de abril o PT fez uma 'votação', dirigida pela secretaria da legenda, cuja decisão resultou na suspensão da filiação da atriz.

Para o juiz, o processo de suspensão correu sem a observância dos direitos de defesa de Ester Tigresa, já que o partido não homologava a filiação e não respondia aos questionamentos da atriz.

 

Por G1

Datafolha: Lula tem 48% das intenções de voto; Bolsonaro, 27%

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou a 48% das intenções de voto, ante 27% do presidente Jair Bolsonaro (PL), o que eleva para 21 pontos percentuais a diferença entre os pré-candidatos que polarizam a disputa presidencial. É o que aponta a pesquisa Datafolha divulgada na tarde desta quinta-feira, 26 – no último levantamento, divulgado no dia 24 de março, o petista tinha 43%, contra 26% do atual chefe do Executivo federal. Considerando apenas os votos válidos, que exclui brancos e nulos, Lula venceria a eleição no primeiro turno com 54% dos votos válidos, contra 30% do mandatário do país. Para que um candidato vença nessas condições, ele precisa somar 50% dos votos válidos mais um.

Na primeira pesquisa divulgada após o ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) deixarem as pré-candidaturas ao Palácio do Planalto, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) aparece com 7%, o que reforça a tese de que a eleição de 2022 será polarizada por Lula e Bolsonaro. Escolha da chamada terceira via, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) tem 2% das intenções de voto e está numericamente empatada com o deputado federal André Janones (Avante-MG). Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU) têm 1%. Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuam. Brancos e nulos somam 7%; 4% não souberam ou não responderam.

O Datafolha também aponta que Lula cresceu na pesquisa espontânea, quando os nomes dos candidatos não são apresentados, e chegou a 38%. Em março, o ex-presidente tinha 30%. Na última pesquisa, Bolsonaro alcançava 23% e agora marca 22%. O índice obtido pelo petista é o melhor desde o início da atual série histórica do Datafolha, em maio do ano passado. Outros 2% dos entrevistados citaram espontaneamente Ciro Gomes, e 1% mencionou Simone Tebet. De acordo com o instituto de pesquisa, o Auxílio Brasil, nome atualizado do Bolsa Família, criado nos governos do PT, não rendeu dividendos eleitorais a Bolsonaro. Segundo o levantamento, o atual presidente da República tem 20% das intenções de voto, contra 59% de Lula. O petista também consolidou sua vantagem no Nordeste, reduto eleitoral do Partido dos Trabalhadores, e abriu uma vantagem de 45 pontos (62% a 17%). Em contrapartida, Bolsonaro leva vantagem entre eleitores com renda familiar mensal superior a dez salários (42% a 31%), evangélicos (39% a 36%) e empresários (56% a 23%). Os dois principais concorrentes ao Palácio do Planalto estão empatados no estrato que recebe de cinco a 10 salários, com 37%.

Segundo turno 

De acordo com o levantamento divulgado nesta quinta-feira, 26, Lula também lidera as pesquisas de segundo turno. O ex-presidente alcança 58% das intenções de voto; Bolsonaro tem 33%. Na pesquisa anterior, de março, o petista tinha 55%, ante 34% do presidente da República. Com isso, o pré-candidato do PT ampliou de 21 para 25 pontos a sua vantagem. Neste cenário, 8% dos eleitores votariam em branco ou anulariam seus votos; 1% não sabe ou não respondeu. A pesquisa foi feita nos dias 25 e 26 de maio, com 2.556 entrevistados em 181 municípios entre a quarta-feira, 25, e esta quinta-feira, 26. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Contratada pelo jornal Folha de S. Paulo, o levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-05166/2022.

Por Jovem Pan News

Emanuel Pinheiro diz que Paccola faz palanque com pedido de afastamento

Do rufandobombo

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ironizou o vereador Marcos Paccola (Republicanos) ao comentar sobre o pedido de abertura de uma Comissão Processante que buscava investiga-lo por suposto esquema de fura-fila durante a vacinação da covid-19 em Cuiabá, beneficiando 47 pessoas.

Para imprensa, o gestor afirmou que a solicitação de Paccola tentava criar factoides para se projetar politicamente.

“Isso banalizou, é leviandade eleitoral, palanque político. Está esperando chegar mais próximo da eleição para se promover. Isso é falta de proposta, falta de preparo e educação com política. Por isso começa querer factoides para tentar se projetar”, disse o prefeito antes da votação do pedido, na quarta-feira (25).

A proposta em questão foi engavetada pela base aliada do prefeito na Câmara de Cuiabá nesta quinta-feira (26).

Em sua justificativa, Paccola lembrou que as provas seriam robustas e que Emanuel deveria responder por improbidade administrativa. Por sua vez, o chefe do Executivo já havia ironizado o vereador. “O investigador [Paccola] que não é robusto”, disse acompanhado de risos.

Nelson Barbudo é o melhor parlamentar de MT

O Deputado Federal Nelson Barbudo, hoje ocupa o espaço de melhor parlamentar de MT, segundo o ranking políticos, no quadro geral ocupa a posição 49. Sua média são de 7,4 pontos.

Nelson barbudo possui forte ligação com o bolsonarismo, em que tem como principal bandeira a agricultura familiar e o agronegócio. Hoje o deputado é também o Grande combatente contra o comunismo no congresso e afirma a relevância da nossa soberania, “Somos donos da nossa própria Pátria, Verde Amarela”, conclui o Deputado. 

Um homem que entende a importância do rompimento das políticas antigas, que perpetuou-se interesses de grupos que como ele mesmo fala “ganham dinheiro” com caminhão pipa ao invés de investir em infraestrutura. 

Essa política patriótica, e focada no desenvolvimento que faz do Deputado Federal Nelson Barbudo o maior adversário da esquerda no congresso e mais importante parlamentar do MT. Seu perfil diferenciado, que lembra o homem médio simples, do campo e da cidade o destaca. conservador e defensor de um Brasil mais forte Barbudo já figurou nesse mesmo ranking em outras ocasiões. 

 
Ranking Politicos

O Deputado já ganhou em 2021 o selo “ÓTIMO PARLAMENTAR” . Ainda em 2022 Nelson Barbudo continua figurando em primeiro lugar de MT no mesmo ranking, fazendo do povo mato-grossense muito bem representado. Pois além da atuação forte contra o comunismo, e a favor da agropecuária, o parlamentar se destaca como um dos grandes articuladores de recurso para infraestrutura do estado de MT.

https://www.politicos.org.br/Ranking

Já era esperado; por 15x 9 vereadores “supultam” pedido de afastamento de Emanuel Pinheiro

Da redação

Por 15 votos a 9, a Câmara de Cuiabá arquivou um pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Caso o pedido fosse aprovado, o prefeito seria afastado até a conclusão das investigações.

O pedido de Comissão Processante teve como base uma denúncia do Ministério Público contra o prefeito, afirmando que ele favoreceu o “fura fila” da vacinação contra a Covid-19. Segundo a representação, pessoas próximas ao prefeito se vacinaram antes da abertura de seus respectivos grupos.

O pedido de Comissão Processante foi feito pelo vereador Tenente-coronel Marcos Paccola (Republicanos). Ele não participou da votação e abriu espaço para o 2º suplente Fellipe Correa (Cidadania).

Votaram pelo afastamento do prefeito os vereadores Demilson Nogueira (PP), Michely Alencar (DEM), Diego Guimarães (Republicanos), Edna Sampaio (PT), Pastor Jeferson (PSD), Sargento Joelson (PSB), Dilemário Alencar (Podemos) e Eduardo Magalhães (Republicanos).

“A Márcia só não sai a deputada estadual por causa dos companheiros e por causa do Emanuelzinho” diz Emanuel

Do rufandobombo

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou o recuo da candidatura da esposa, a primeira-dama Márcia Pinheiro, a deputada estadual busca evitar uma crise em sua base aliada.
Durante entrevista à imprensa nesta quarta-feira (27), o chefe do Executivo explicou que o possível projeto de Márcia a Assembleia Legislativa atrapalharia os projetos políticos de seus principais aliados, o presidente da Câmara de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB), que se prepara para disputar uma vaga no Parlamento Estadual.

O gestor também acrescentou que a candidatura da esposa também poderia respingar na reeleição do filho, o deputado federal Emanuelzinho (MDB), que não teria o apoio municipalista da chefe do Legislativo Municipal.

“A Márcia só não sai a deputada estadual por causa dos companheiros e por causa do Emanuelzinho, que acabaria acabar pagando o pato. Primeiro nós temos que valorizar os companheiros e não podemos criar atritos para eleição dele. Se acha que Márcia candidata a deputada, a base do Juca iria apoiar Emanuelzinho? Ia dar um um brigueiro danado”, disse.

Ao final, Emanuel pontou que os planos miram em lançar Márcia como candidata ao Senado Federal, fato que não agrada o senador Wellington Fagundes (PL), amigo próximo de Emanuel e candidato a reeleição.

“Nós estamos avaliando candidatura da Márcia ao Senado, eu acho muito melhor para a região da baixada cuiabana e Mato Grosso. Porém, isso não depende de mim, depende da federação e do PV”, finalizou.

Max Russi defende venda dos vagões do VLT

Do rufandobombo

Editoria de política

Primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Max Russi (PSB), impulsionou a ideia sobre a venda do vagões do inacabado Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) para a Prefeitura do Rio de Janeiro. O governo do Estado já gastou mais de um bilhão com a obra, que nunca foi entregue para a população Cuiabá e Várzea Grande.

“É uma decisão de governo, se ele não vai fazer o outro modal, por que nós vamos segurar o vagões? Tem que vender mesmo para o Rio ou outro lugar possível? Vamos perder todo esse investimento? Tem que buscar formas e alternativas de desfazer todos os investimentos que foram feitos”, disse nesta quarta-feira (25).

Conforme noticiou o Jornal A Gazeta nesta segunda, o governo de Mato Grosso apresentou os vagões do VLT para uma comitiva da Prefeitura do Rio de Janeiro, com o objetivo de firmar um acordo para vender os trens para a gestão do prefeito Eduardo Paes (PSD-RJ).

O governador Mauro Mendes (União) nega a articulação.

Emanuel Pinheiro critica “omissão” da Assembleia Legislativa em relação ao VLT x BRT

Do rufandobombo por Igor Moreno

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) se posicionou mais uma vez sobre a briga entre a instalação do VLT e do BRT.

De acordo com Emanuel, esse é um momento de virada de página para o transporte público na capital, e é um dever da população se posicionar.

“Isso não é briga minha com o governador, isso é briga minha por Cuiabá”, disse o prefeito ao alegar que essa talvez seja uma oportunidade única de renovar o transporte público da capital.

O prefeito, que pretende instalar o VLT na capital, cobrou posicionamento e participação da população, além das câmaras municipais e da ALMT.

“Há um silêncio ensurdecedor da Assembleia Legislativa, nunca vi isso em minha vida nos quatro mandatos meu como deputado estadual, nunca vi tamanha omissão do nosso Poder Legislativo estadual em uma ação que importa tanto a vida de milhares de pessoas.” Criticou o prefeito, que chamou a atenção das câmaras de Cuiabá e Várzea Grande: “As Câmara municipais têm que ser mais participativas ainda, a de Cuiabá está sendo, mas eu vou provocar mais ainda. Várzea Grande precisa entrar no debate”

O deputado estadual João Batista se encontrou com o Secretário Bustamante para dialogar e apontar soluções sobre as pautas reivindicadas pelos policiais penais

O deputado estadual João Batista do Sindspen (PP), esteve reunido com o secretário de Segurança Pública (Sesp), Alexandre Bustamante, juntamente com a diretoria do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen), na tarde desta quarta-feira (25), para dialogar e apontar soluções sobre as pautas reivindicadas pelos policiais penais, que paralisaram suas atividades na Penitenciária Central do Estado (PCE), por melhores condições de trabalho.

 

Comissão de Relações Internacionais, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Institucional da ALMT

A Comissão de Relações Internacionais, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Institucional, presidida pelo deputado estadual Gilberto Cattani (PL), irá promover no próximo dia 2 de junho, a Convenção sobre a Internacionalização do Estado de Mato Grosso.

O evento, que irá acontecer durante o dia todo no Teatro Zulmira Canavarros, anexo ao prédio da Assembleia Legislativa, tem o objetivo de debater soluções para captação de investimento internacional para Mato Grosso e contará com palestras de nomes da política mato-grossense e nacional.

Nesta quarta-feira (25), às 9h, antes da sessão Plenária, o deputado estadual Gilberto Cattani estará à disposição da imprensa para responder questionamentos sobre o evento, no Salão Negro deputado Francisco Pinto de Oliveira, em frente à Galeria dos Presidentes, na Assembleia Legislativa.

"Nossos agricultores produzem com responsabilidade" afirma deputado Barbudo

O deputado federal Nelson Barbudo, muito atuante em pautas que envolvem o meio ambiente e também a agricultura familiar, é o vice-presidente da região Centro-oeste da Frente Parlamentar da Agropecuário. 
Recentemente, participou de uma reunião com a diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) e na oportunidade, o parlamentar pôde destacar o quão rígido é a legislação brasileira quando se trata de proteção ambiental. 
Em sua fala, Barbudo fez questão de enfatizar "Nosso Código Florestal é o mais severo do planeta, nossos agricultores produzem com responsabilidade". 
Para Nelson Barbudo, fazer parte disso, é uma grande responsabilidade e entende que o Brasil não é o responsável por tanta destruição a natureza, país rico em biodiversidade, gerador de grandes riquezas, busca sempre preservar este grande tesouro.

Governador veta projeto que autoriza distribuição de remédios à base de canabidiol pelo SUS em MT

O Governador de Mato Grosso Mauro Mendes (União) vetou nessa terça-feira (24), o projeto que autoriza a distribuição de remédios à base de canabidiol pelo Sistema único de Saúde (SUS) no estado. A proposta havia sido aprovada pela Assembleia Legislativa (ALMT) no dia 4 deste mês.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já havia autorizado a prescrição, comercialização e fornecimento de canabidiol para o tratamento de doenças que não responde satisfatoriamente a outras medicações.

A justificativa do governador é que a resolução não inclui o fornecimento pelo SUS e por isso foi vetado.

Os medicamentos são para atender àqueles que sofrem de Alzheimer, Parkinson, glaucoma, HIV, hepatite C, transtorno de espectro de autismo (TEA) esclerose lateral amiotrófica, doença de Crohn, vários tipos de câncer, epilepsia e outra doenças crônicas.

Também são direcionados ao tratamento de cistos de Tarlov, hidromielia, siringomielia, artrite reumatoide, displasia fibrosa, traumatismo cranioencefálico e síndrome pós-concussão, esclerose múltipla, síndrome Anrold-Chiari, ataxia espinocerebelar, síndrome de Tourette, mioclonia, distonia simpático-reflexa, síndrome dolorosa complexa regional.

Além de neurofibromatose, polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica, síndrome de Sjogren, lúpus, cistite intersticial, miastenia grave, hidrocefalia, síndrome da unha-patela, dor límbica residual, convulsões (incluindo as características da epilepsia) ou os sintomas associados a essas enfermidades e seu tratamento).

 

Aprovação na ALMT

 

A proposta foi votada pela segunda vez no dia 4 de maio deste ano e aprovada pelos deputados. Foram 12 votos favoráveis e dois contra.

O projeto garante o atendimento a pacientes de outra enfermidade atestada por médico devidamente habilitado nos termos das normas da Anvisa e do Conselho Federal de Medicina (CFM). Caberá a este profissional a prescrição do medicamento.

O projeto é de autoria dos deputados estaduais Wilson Santos (PSD), Lúdio Cabral (PT) e Doutor João (MDB.

Em 2021, Mauro Mendes vetou o projeto após a segunda votação.

Liberação pela Anvisa

 

A Anvisa liberou o uso oral do canabidiol através Resolução RE nº 4.067 e que os medicamentos já são comercializados no país. O PL 030/2022 garante segurança jurídica para médicos e fornecedores.

O medicamento deverá ser prescrito por médico devidamente habilitado nos termos das normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Conselho Federal de Medicina (CFM).

 

Por G1

Fatos e Fatos

O site Fatos e Fatos entende que estar preparado é também estar ciente do mundo que o cerca, dos temas que focam a atenção do público e dos fatos que determinam os destinos tanto da sua comunidade. Por isso, o nosso portal não se descuida da cobertura jornalística tradicional, abrangendo temas como Política, Economia, Cidades, Esportes, Tecnologia e Cultura. Essa preocupação faz com que o nosso site torne-se um ponto de informações, as mais diversas, e de pessoas interessadas em se formar e se informar, acreditando, como nós, que a valorização da Educação é a maneira mais eficiente e saudável de mudar o mundo.

Seções

NEWSLETTER

Inscreva-se agora para obter notícias exclusivas!