Cuiabá, 14 de Agosto de 2022

Deu na Gazeta: PM que fez BO da morte de agente trabalha com vereador Paccola

Da Redação

O policial militar Fernando Raphael Ferreira de Oliveira foi quem registrou o boletim de ocorrência do homicídio cometido pelo vereador Marcos Paccola (Republicanos). O agente é presidente da Federação Mato Tiro de Mato Grosso e trabalha no mesmo estande de tiro que o parlamentar.

Em vídeos publicados nas redes sociais, ambos aparecem praticando tiro juntos e são citados em várias publicações do grupo Força e Honra, do qual são associados.

Além de estante, o Força e Honra oferece treinamento de tiros, vende armas e atua como despachante na documentos de armamento.

Fernando Raphael é também próximo da família de Marcelo Cestari e compareceu a casa, no condomínio Alphaville, quando a menor Isabele Guimarães Ramos, foi morta pela amiga, com tiro no rosto, em 2020.

A menor que atirou e matou Isabele é filha de Cestari e todos praticavam tiro no mesmo local onde Fernando Raphael é treinador.

O militar chegou a ser investigado por usar viatura do Estado para atender compromisso pessoal.

Procurado pelo Gazeta Digital, o policial Fernando Raphael confirmou proximidade com o vereador Paccola e nega qualquer suspeita que possa pesar contra ele no ato de registrar o caso. Pontua que esse é um procedimento de praxe e que oficiais acompanharam toda lavratura do boletim.

“Não coloque minha índole em xeque. Eu sou lavrador de ocorrência, existia 3 oficiais superiores que estavam na ocorrência. Tudo que está lá foi narrado pelos condutores da ocorrência”, explicou o policial.

 

O caso
Paccola assumiu que matou Alexandre a tiros na última sexta-feira (1). Conforme registrado no boletim de ocorrência, Paccola teria pedido por várias vezes para o agente que colocasse a arma que carregava no chão, e, como teria ocorrido reação, ele reagiu, atirando contra o servidor público.

A mulher que estava com o agente dá outra versão e diz que Alexandre não estava com a arma em punho. Paccola prestou depoimento na Delegacia de Homicídios e depois foi liberado.

 

Fatos e Fatos

O site Fatos e Fatos entende que estar preparado é também estar ciente do mundo que o cerca, dos temas que focam a atenção do público e dos fatos que determinam os destinos tanto da sua comunidade. Por isso, o nosso portal não se descuida da cobertura jornalística tradicional, abrangendo temas como Política, Economia, Cidades, Esportes, Tecnologia e Cultura. Essa preocupação faz com que o nosso site torne-se um ponto de informações, as mais diversas, e de pessoas interessadas em se formar e se informar, acreditando, como nós, que a valorização da Educação é a maneira mais eficiente e saudável de mudar o mundo.

Seções

NEWSLETTER

Inscreva-se agora para obter notícias exclusivas!