Cuiabá, 27 de Mai de 2022

Monitores publicitários do Aeroporto Santos Dumont exibem conteúdo adulto

Totens do Aeroporto Santos Dumont, localizado no Centro do Rio de Janeiro, passaram a exibir imagens de um site de conteúdo adulto durante a manhã desta sexta-feira, 27. Imagens que circulam nas redes sociais mostram monitores do saguão do aeródromo exibindo a página inicial de um dos sites pornográficos mais acessados do mundo. Em contato com a reportagem da Jovem Pan, a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) – que administra o aeroporto carioca – alegou que acionou a Polícia Federal, notificou a empresa terceirizada responsável pela exibição dos conteúdos publicitários e ressaltou que tomará as medidas legais cabíveis para o caso. Segundo a estatal, a parceira que explora os totens do Santos Dumont utiliza rede lógica interna e sistemas próprios de divulgação de imagens.

Confira a nota, na íntegra, da Infraero sobre o episódio:

Ao tomar conhecimento da publicação indevida em um dos monitores publicitários do Aeroporto de Santos Dumont, a Infraero tomou as medidas legais cabíveis, com registro de boletim de ocorrência e comunicação à Polícia Federal, bem como a notificação da empresa terceirizada responsável pela sua gestão para tomar providências quanto à segurança das informações veiculadas em totens de mídia nesta sexta-feira (27/5).

Ressaltamos que o conteúdo exibido nos monitores de mídia é de responsabilidade das empresas exploradoras de publicidade, que utilizam redes lógicas e sistemas próprios de divulgação, não tendo qualquer relação com o sistema de informação de voos da Infraero.

Nesse sentido, reforçando seu compromisso com a segurança de seus passageiros, informamos que os monitores relacionados ao caso permanecerão desligados em nossa rede de aeroportos até que esteja garantida pela empresa exploradora de mídia sua confiabilidade.

 

Por JP News

‘Ele está melhor do que a gente’, disse agente da PRF ao asfixiar Genivaldo

Um agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) envolvido na ocorrência que culminou com a morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, disse que a vítima estava “melhor do que a gente aí dentro”, em referência ao porta-malas da viatura, segundo uma testemunha. Imagens mostraram o momento em que os policiais colocam o homem dentro do veículo e jogam uma bomba de gás (provavelmente lacrimogêneo) para tentar contê-lo. Genivaldo morreu após ser socorrido em um hospital da região.

Walison de Jesus Santos, de 28 anos, assistiu aos últimos momentos de vida do tio Genivaldo após a abordagem da Polícia Rodoviária Federal em Umbaúba, interior de Sergipe, na quarta-feira, 25, por volta das 11h50. Quando Genivaldo foi parado pelos agentes na BR-101, ele estava a dez metros do local da ocorrência, em uma loja de produtos hidráulicos.

Bolsonaro parabeniza PM do Rio por operação que deixou mais de 20 mortos

Por Terra

O presidente Jair Bolsonaro parabenizou na noite de terça-feira, 24, a Polícia Militar do Rio de Janeiro pela operação policial que deixou ao menos 22 mortos na favela da Vila Cruzeiro, zona norte da capital fluminense, entre eles uma moradora de uma comunidade vizinha atingida por um disparo.

Em publicação no Twitter, o presidente disse que 20 “marginais” foram mortos, afirmou lamentar a morte de uma moradora em meio ao confronto e disse que a ideia da polícia era prender os suspeitos fora da comunidade, mas isso não foi possível, de acordo com ele, pelo ataque dos suspeitos aos policiais.

“Parabéns aos guerreiros do BOPE e da @PMERJ que neutralizaram pelo menos 20 marginais ligados ao narcotráfico em confronto, após serem atacados a tiros durante operação contra líderes de facção criminosa”, escreveu Bolsonaro na rede social sobre a operação, feita em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

“A operação vinha sendo planejada há meses e os agentes de segurança monitoravam os passos de chefões do tráfico com objetivo de prendê-los fora da comunidade, o que não foi possível devido ao ataque da facção, fazendo-se necessário o uso da força para conter as ações.”

Ao mesmo tempo que lamentou a morte de uma moradora de uma comunidade vizinha na operação, Bolsonaro também disse lamentar o que chamou de “inversão de valores de parte da mídia, que isenta o bandido de qualquer responsabilidade, seja pela escravidão da droga, seja por aterrorizar famílias, seja por seus crimes cruéis”.

Foto reprodução

Detran informa; Nova carteira de habilitação começa a ser emitida a partir de junho

Da redação com assessoria

O Governo de Mato Grosso, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), começa a emitir, a partir de 1º de junho, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com a nova identidade visual. A nova versão foi determinada pela Resolução nº 886 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e será impressa para os condutores que forem renovar o documento, emitir a segunda via, alterar dados ou tirar a CNH pela primeira vez a partir de junho.

“O novo modelo da CNH vai evitar fraudes, pois traz novos itens de segurança em relação à anterior e não sofrerá alteração na taxa, permanecendo o mesmo valor”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Devido à necessidade de ajustes no sistema das gráficas para a impressão do novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação, a emissão das CNHs estará suspensa do dia 27 de maio a 1º de junho em todo Estado, conforme já deliberado com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

 

O que vai mudar

A nova versão da CNH terá as cores em verde e amarelo, identificação das categorias com equivalência internacional e, no verso, texto em português, inglês e espanhol facilitando a identificação dos condutores brasileiros em solo estrangeiro. No verso da CNH, além do QR Code o documento também terá um código de leitura internacional de dados.

A categoria da CNH ficará visível na primeira coluna junto a imagem do tipo de veículo o qual o condutor está habilitado. No canto superior direito do documento terá uma indicação por meio da letra P (se o condutor tiver apenas permissão para dirigir) e a letra D (se a CNH for definitiva).

O documento também terá um campo para indicar se o condutor exerce atividade remunerada e outro campo para anotação de possíveis restrições médicas. A nova CNH contará com mais dispositivos de segurança como tinta especial fluorescente que brilha no escuro, itens visíveis apenas com luz ultravioleta e holograma na parte inferior do documento, dificultando falsificações.

O Detran-MT reforça aos condutores que possuem o documento na versão antiga e dentro do prazo de validade, que não precisam se preocupar, pois o mesmo continuará válido até a sua data de vencimento para renovação.

Documento obrigatório

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um documento obrigatório para todas as pessoas que desejam dirigir em território nacional e também serve como documento individual de identificação em todo País. Atualmente em Mato Grosso, cerca de 1,5 milhão de condutores são habilitados em todas as categorias.

O diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, reforça que, por mais que a nova versão da CNH tenha informações em português, inglês e espanhol, para dirigir nos mais de 150 países que assinaram a Convenção de Viena, ainda é obrigatório o porte da Permissão Internacional para Dirigir (PID), se o condutor for permanecer por mais de 180 dias.

“A nova CNH pode ser utilizada nos países que não participaram da convenção, mas que possuem acordo bilateral com o Brasil, como o acordo Mercosul. Para trafegar nos demais países é obrigatório o porte da PID, caso o condutor fique viajando por mais de 180 dias”, ressaltou.

A CNH está disponível na versão física e digital. O acesso à versão eletrônica é somente pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), que pode ser baixado em aparelhos celulares com tecnologias Android e IOS.

Sobe para 25 o número de mortos na operação na Penha

Subiu para 25 o número de mortos na operação na Vila Cruzeiro, na Penha, nesta terça-feira (24). Dois suspeitos internados sob custódia no Hospital Estadual Getúlio Vargas morreram na madrugada desta quarta (25). Um menor de idade que foi levado para a UPA do Alemão já chegou morto à unidade de saúde.

Com esses óbitos, segundo a Polícia Militar, são 15 suspeitos mortos em confronto.

Por G1

Bolsonaro sanciona Lei Henry Borel e homicídio infantil será crime hediondo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou nesta terça-feira, 24, a Lei Henry Borel. A medida ocorre sem vetos presidenciais e tornará o homicídio contra crianças e adolescentes menores de 14 anos de idade como crime hediondo – ou seja, um delito considerado cruel ou que causa repulsa na sociedade. Com a sanção do mandatário, estará incluso no Código Penal o trecho “homicídio contra menor de 14 anos” como uma variação de homicídio qualificado. A pena passará a ser de 12 a 30 anos de prisão e não poderão ser aplicadas leis de juizados especiais, como conversão de pena para pagamento de cestas básicas ou multas. Caso o criminoso seja pai ou mãe, padrasto ou madrasta, cônjuge, irmão, tio, companheiro, curador, preceptor (que orienta na educação da criança) ou qualquer indivíduo que exerça autoridade perante a criança. O projeto de lei de número 1.360/21 é de autoria da deputada federal Alê Silva (Republicanos-MG) e enviado para sanção no início de maio após ser aprovado nas duas casas legislativas. A medida será publicada no Diário Oficial da União na próxima quarta-feira, 25.

 

Por JP News

Operação conjunta no Rio de Janeiro tem 11 mortos, diz PM

Pelo menos 11 pessoas morreram durante um confronto na Vila Cruzeiro, na Penha, na Zona Norte do Rio, na madrugada desta terça-feira (24).

A Polícia Militar afirma que 10 dos mortos eram suspeitos. Uma moradora também morreu, vítima de bala perdida.

Identificada como Gabriele Ferreira da Cunha, de 41 anos, ela foi baleada e morta na entrada da Chatuba, que fica ao lado da Vila Cruzeiro.

Outras duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Getúlio Vargas, também na Penha.

Moradores relataram que começaram a ouvir tiros às 4h. 11 escolas da rede municipal precisaram ficar fechadas devido ao confronto, segundo a Secretaria Municipal de Educação.

Segundo a PM, agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram atacados a tiros quando iniciavam uma “operação emergencial” na comunidade.

O objetivo era prender chefes do Comando Vermelho escondidos na Vila Cruzeiro. A polícia afirma que lideranças da facção em outras favelas do Rio — como Jacarezinho, Mangueira, Providência e Salgueiro (São Gonçalo) — e até de estados do Norte e do Nordeste também estão abrigados na Penha.

Em 24 h, Brasil registra 99 mortes por Covid sem dados de 11 estados e do DF

O Brasil registrou 99 mortes por Covid-19 e 12.613 casos da doença nas últimas 24 horas. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) neste domingo (22).

No último envio de informações, 11 estados e o Distrito Federal não notificaram novos números referentes ao coronavírus por conta de problemas técnicos no acesso à base de dados dos sistemas de informação, e por isso foram mantidas as atualizações do dia anterior. São eles: Acre, Amapá, Ceará, Mato Grosso, Maranhão, Minas Gerais, Rondônia, Roraima, Piauí, Rio de Janeiro e Tocantins, além do DF.

 

Com isso, a média móvel de casos ficou 14.690 e a média móvel de óbitos ficou 101. Os indicadores consideram a média de contaminações e de mortes registradas nos últimos sete dias.

CNN Brasil

Mãe registra boletim de ocorrência após filha ser encontrada com tatuagem no rosto com o nome do ex-namorado em Taubaté, SP

G1

A mãe de uma jovem de 18 anos registrou um boletim de ocorrência contra o ex-namorado da filha após ela ficar desaparecida por um dia e ser encontrada neste sábado (21) com o nome dele tatuado no rosto. O jovem, de cerca de 20 anos, foi detido porque descumpriu uma medida protetiva ao ter contato com a ex-namorada. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com Deborah Velloso, a filha tinha duas medidas protetivas contra o ex-namorado, uma de 2021 e outra de 2022.

"Ontem ela saiu para ir para o curso e 22h ela ainda não tinha voltado. Fiz um boletim de ocorrência pelo site da polícia e hoje cedo fui até a rua dele e vi minha filha no carro com ele. Chegando em casa, quando entrei, me deparei com a tatuagem com o nome dele no rosto dela e ela tentando tampar com a maquiagem. Ela só repetia que iria trabalhar", disse a mãe ao g1.

De acordo com o relato da mãe à polícia a jovem foi agredida quando se debatia para evitar ser imobilizada para evitar ser tatuada.

"Ela me disse que estava pedindo socorro quando ele estava amarrando ela. Ela me disse 'mãe, ou eu parava de gritar e deixava ele fazer a tatuagem ou ele ia me matar lá dentro'", disse.

g1 tenta localizar a defesa do jovem, que passou por audiência de custódia neste domingo (22) e teve sua prisão preventiva mantida. O caso foi registrado no plantão policial e será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Taubaté a partir de segunda-feira (23).

‘Só Deus me tira daquela cadeira’, afirma Bolsonaro em discurso na Marcha para Jesus de Curitiba

Em discurso em cima de um carro de som neste sábado, 21, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), que participa da 27ª edição da Marcha para Jesus de Curitiba, no Paraná, falou sobre algumas das suas principais bandeiras políticas, exaltando o evento e a religiosidade cristã, para uma multidão de evangélicos e católicos. Ele destacou a importância da liberdade, palavra que também é vista em muitas das faixas dos manifestantes que participam do evento, do respeito à Constituição Federal e da valorização da família tradicional. Em determinado momento, Bolsonaro ainda disparou em referências às eleições presidenciais de 2022: “só Deus me tira daquela cadeira [da presidência da República]”.

Confira o discurso do presidente na íntegra:

É muito bom estar entre aqueles que têm Deus no coração. Agradeço a Ele pela minha vida e pela missão de estar à frente do Executivo federal. Temos hoje um presidente, um presidente, um governo, que acredita em Deus, que respeita os seus militares, que defende a família brasileira e deve lealdade ao seu povo. Peço a Ele mais que sabedoria. Peço força para resistir e coragem para decidir. O nosso exército é o povo brasileiro. Vocês nos dão o norte. Vocês participam hoje de um movimento que é tradição em várias capitais do Brasil, louvando a Ele, o responsável por ter nos colocado aqui. Sabemos o quão importante é a liberdade de religião e a liberdade de expressão em nosso Brasil. Tenham certeza, assim como quando virei praça no exército brasileiro há mais de 40 anos, eu jurei dar a minha vida pela pátria. Hoje, mais do que isso, todos nós daremos a nossa vida pela nossa liberdade. Esse é o bem maior de um país que se diz democrático. Essa é a razão maior de nós lutarmos pelos nossos objetivos. A liberdade é mais importante que a própria vida, a história nos mostra isso. Mas o momento é que o feito até agora e o daqui a pouco, a oração, é individual de cada um. Pertencemos à nação mais cristã do mundo. O Brasil é uma referência para o globo todo. É um país que tem vocação para o futuro, sem se descuidar do presente. Nós juntos, com fé, atingiremos os nossos objetivos. É uma missão que eu tenho. E só Deus me tira daquela cadeira [da Presidência da República]. Somos democratas, respeitamos a nossa Constituição [Federal]. E é um dever meu, como chefe do Executivo, fazer com que todo aquele que esteja fora das quatro linhas da nossa Constituição venham para dentro da mesma. É a maneira que nós temos de viver em paz e em harmonia e sonhar com um futuro promissor para todos. Nada fazemos sem Ele. Ele está no meio de nós. Essa marcha é uma prova de gratidão, de respeito e de louvor ao nosso deus. A nossa fé é inabalável. A todos vocês, agradecemos a presença, porque temos a oportunidade, primeiro de mostrar que a única diferença minha para vocês é esse ponto um pouco mais alto que ocupo no momento. Não há diferença entre nós. O nosso currículo no dia do ponto final será aquilo que fizermos durante essa breve passagem pela Terra. Obrigado a Deus pela oportunidade. Obrigado pela minha vida e pela missão. E obrigado por esse povo cristão maravilhoso que temos em nossa nação.

 

Por JPnews

Elon Musk tem encontro com Bolsonaro no interior de São Paulo

O empresário sul-africano Elon Musk chegou na manhã desta sexta-feira (20) ao Brasil para um encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL).

O bilionário CEO da Tesla está em Porto Feliz, no interior de São Paulo. No Twitter, ele escreveu: “Super animado por estar no Brasil para o lançamento da Starlink para 19 mil escolas desconectadas em áreas rurais e monitoramento ambiental da Amazônia!”

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, publicou no Twitter a chegada de Musk. “Já que vamos conectar a Amazônia, trouxemos um dos maiores empresários do mundo para nos ajudar nessa missão. Aceitamos o desafio e vamos até o fim!”, escreveu, antes de agradecer pela visita.

O avião com Musk pousou por volta das 9 horas, em Itu.

Em transmissão nas redes sociais na quinta-feira (19), Bolsonaro anunciou que partirá “para São Paulo, onde temos um encontro amanhã [hoje] com uma pessoa reconhecida no mundo todo, que vem para ajudar a nossa Amazônia.”

“Terei comigo uma boa equipe de ministros”, continuou o chefe do Executivo.

A previsão é de que a reunião entre Bolsonaro e Musk ocorra por volta de 12 horas. O sul-africano é a pessoa mais rica do mundo.

 

Por CNN Brasil

Bolsonaro acusa Moraes de abuso de autoridade e entra com ação contra o ministro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) entrou com uma ação contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), por abuso de autoridade. Moraes é relator das investigações mais sensíveis contra o Planalto, como os inquéritos das fake news e das milícias digitais.

 

O pedido foi enviado por meio de um advogado privado e não através da Advocacia-Geral da União (AGU). Bolsonaro cobra a abertura de uma investigação para apurar a conduta do ministro do STF.

A notícia-crime contesta a demora na conclusão do inquérito das fake news, aberto de ofício em março de 2019 pelo então presidente do STF, Dias Toffoli, com base no regimento interno do tribunal e sem solicitação do Ministério Público Federal (MPF). Bolsonaro diz que a investigação é ‘injustificada‘ e ‘não respeita o contraditório‘. O plenário do Supremo já decidiu que a abertura do inquérito foi regular.

 

Bolsonaro também coloca em dúvida a investigação das milícias digitais. O inquérito nasceu de uma queda de braço entre Moraes e o procurador-geral da República Augusto Aras. Na época, Aras exigiu o arquivamento de outra apuração contra aliados e apoiadores do presidente: o inquérito dos atos antidemocráticos. Antes de encerrá-lo, porém, o ministro autorizou o intercâmbio de provas e mandou rastrear o que chamou de ‘organização criminosa‘. O presidente diz que Moraes ‘objetivou, em verdade, contornar o pedido de arquivamento‘

 

Por Estadão

Fatos e Fatos

O site Fatos e Fatos entende que estar preparado é também estar ciente do mundo que o cerca, dos temas que focam a atenção do público e dos fatos que determinam os destinos tanto da sua comunidade. Por isso, o nosso portal não se descuida da cobertura jornalística tradicional, abrangendo temas como Política, Economia, Cidades, Esportes, Tecnologia e Cultura. Essa preocupação faz com que o nosso site torne-se um ponto de informações, as mais diversas, e de pessoas interessadas em se formar e se informar, acreditando, como nós, que a valorização da Educação é a maneira mais eficiente e saudável de mudar o mundo.

Seções

NEWSLETTER

Inscreva-se agora para obter notícias exclusivas!